5 maneiras de encontrar o equilíbrio entre personalização e automação de marketing

2022-12-05T17:01:37+01:00

São automação de marketing e personalização elkaars tegenpolen? Marketing automation is het gebruik van technologie om marketing campagne taken en -processen automatisch uit te voeren. In het licht hiervan is de aantrekkingskracht van marketing automation meteen duidelijk. Door repetitieve taken via communicatiekanalen te automatiseren – e-mails, sms, site berichten, enz. – besparen bedrijven tijd, verhogen ze de productiviteit en verhogen ze de efficiëntie. Bovendien strekken de voordelen van automatisering zich ook financieel uit. Volgens Annuitas Group leidt het gebruik van marketingautomatisering tot een toename van 451% in het genereren van leads. Uit een ander onderzoek van Invespcro blijkt dat 77% van de bedrijven die marketing automation gebruiken, meer conversies genereert.

Por outro lado, a personalização se concentra na criação de conteúdos, produtos e serviços altamente relevantes para um indivíduo. Portanto, trata-se de promoções que vão desde recomendações de produtos até descontos e ofertas especiais. Em um estudo da Segment, 71% de clientes disseram que ficaram frustrados com experiências impessoais. Os clientes desejam um toque pessoal e 95% das empresas que atendem a essa necessidade triplicam seu ROI em um ano.

As estatísticas acima mostram a importância da automação e personalização de marketing. Agora, para responder à primeira pergunta. Embora as diferenças sejam óbvias, essas duas práticas não são exatamente opostas. Isso significa que eles podem – e devem – coexistir.

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DA AUTOMAÇÃO E DA PERSONALIZAÇÃO DE MARKETING?

Sem dúvida, a automação de marketing é uma estratégia brilhante. A desvantagem de automatizar cegamente, no entanto, é a perda do toque humano. A interação torna-se robótica e genérica. Como resultado, os clientes ficam desinteressados no que a marca tem a oferecer. O resultado é uma queda maciça na experiência do cliente, resultando em retornos financeiros insatisfatórios. É por isso que automação e personalização devem andar de mãos dadas.

Os benefícios incluem uma grande melhoria na qualidade das campanhas de marketing e dos leads que elas geram. Além disso, mais dados serão disponibilizados para impulsionar a experiência do cliente. Como resultado, a empresa gera mais receita e tem clientes mais satisfeitos. Automação de marketing e personalização podem ser uma combinação muito gratificante. No entanto, o equilíbrio entre os dois deve ser perfeito para melhorias perceptíveis.

COMO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO ENTRE AUTOMAÇÃO DE MARKETING E PERSONALIZAÇÃO?

SEGMENTAÇÃO DE CLIENTES

Um método importante para usar a automação de marketing e a personalização é segmentação de clientes. Como uma empresa com visão de futuro, é importante perceber que nem todos os clientes da sua lista devem receber todo o conteúdo. Para introduzir relevância à sua automação, divida os contatos em listas e grupos menores. A segmentação pode ser baseada em localização, sexo, profissão, histórico de compras, etc. Verês, e-mails e textos podem ser automatizados de acordo com os segmentos para manter a relevância do conteúdo.

PERSONALIZE O CONTEÚDO, AUTOMATIZE O PROCESSO

Ao cruzar a linha entre automação e personalização, é importante separar o processo do conteúdo. O processo é o canal de comunicação utilizado e os softwares de automação disponíveis auxiliam nisso. No entanto, certifique-se de manter algum nível de personalização ao entrar em contato com os segmentos. Por exemplo, tags para nomes de clientes podem ser adicionadas e conteúdo dinâmico pode ser usado.

OBSERVE OS INSIGHTS GERADOS DA AUTOMAÇÃO

A maioria dos softwares de automação também inclui ferramentas analíticas versáteis que podem conter informações vitais. Os insights obtidos dessas ferramentas podem ser usados para ajustar o equilíbrio entre os esforços de automação e personalização.

AUTOMATIZE EM LINHA COM A JORNADA DO CLIENTE

Um fluxo de trabalho de automação bem construído deve incluir um ponto inicial e final. O envio incansável de e-mails genéricos é uma maneira ruim de personalizar, mesmo que os nomes dos clientes estejam incorporados. Em vez disso, deixe a jornada do cliente levar à automação e personalização. Por exemplo, um cliente que compra algo não precisa oferecer e-mails para comprar o mesmo item. Eles estão em uma nova fase da jornada do cliente e precisam ser tratados adequadamente. Projete seu fluxo de trabalho de automação para enviar mensagens acionadas quando os clientes realizarem etapas críticas em sua jornada. Esses e-mails parecem mais pessoais e relevantes para as necessidades do cliente. Consequentemente, eles têm uma taxa de abertura mais alta e são mais propensos a levar à ação final.

SAIBA ONDE ESTÁ A LINHA

Por fim, se sua empresa busca um equilíbrio entre automação e personalização, é importante estar ciente dos limites. Enviar e-mails não solicitados todos os dias é muito automatizado. Pelo contrário, se você enviar um e-mail a cada seis semanas, perderá clientes em potencial. Da mesma forma, o registro excessivo de informações pessoais parece assustador e irritante. Compreender o seu setor e suas particularidades ajuda a manter o equilíbrio certo. Por exemplo, empresas B2C exigirão mais marketing baseado em sentimento do que B2B.

Em conclusão, embora a automação de marketing e personalização devem ser feitas em conjunto, encontrar o equilíbrio é crucial. Os métodos acima servirão como regras básicas para orientar suas operações.

Ga naar de bovenkant